HOSP alerta sobre epidemia de conjuntivite Comentar

São Paulo vive uma epidemia de conjuntivite viral desde fevereiro. Segundo o Centro de Controle de Doenças (CCD) da Prefeitura, desde o dia 21 de fevereiro até hoje (18/03) já foram registrados mais de 50 mil casos só na capital.

Assim que o aumento foi detectado pelo hospital, nossa equipe de profissionais foi ampliada e reforçamos o alerta sobre as condutas e medidas de controle.

Nossos oftalmologistas explicam: os surtos de conjuntivite são normais em determinadas épocas do ano, como o verão, provavelmente por conta da exposição maior das pessoas em todos os ambientes, e no inverno, quando as pessoas ficam em ambientes fechados.

A conjuntivite é uma inflamação na membrana que recobre a parte externa do olho, a conjuntiva, e é transmitida por um vírus. Os olhos ficam vermelhos, sensíveis à luz, as pálpebras ficam inchadas e há um forte desconforto com dificuldade para abrir e fechar os olhos. Para prevenir o contágio, basta lavar sempre as mãos antes de levá-las aos olhos ou fazer a higiene com álcool em gel.

A doença tem um ciclo de sete a dez dias e, em algumas situações, até 15 dias. Nossos especialistas ressaltam: “Não há remédio para a doença, basta esperar que o organismo reaja e elimine o agente infeccioso. Nós orientamos a fazer bastante compressas com água filtrada gelada ou soro fisiológico e usar colírios lubrificantes para tirar um pouco a irritação e, em casos mais graves, um colírio anti-inflamatório.

Como Evitar

Para combater uma epidemia é importante que as pessoas com conjuntivite, bem como as que não apresentam a infecção, tenham algumas informações que são úteis para a sua proteção e para evitar o contágio.

Para prevenir a transmissão, enquanto estiver doente, tome as seguintes precauções:

• Lave com freqüência o rosto e as mãos uma vez que estas são veículos importantes para a transmissão de microorganismos.
• Aumente a freqüência de troca de toalhas ou use toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos.
• Não compartilhe toalhas de rosto.
• Troque as fronhas dos travesseiros diariamente enquanto perdurar a crise.
• Lave as mãos antes e depois do uso de colírios ou pomadas e, ao usá-los não encoste o bico do frasco no olho.
• Não use lentes de contato enquanto estiver com conjuntivite, ou se estiver usando colírios ou pomadas.
• Não compartilhe o uso de esponjas, rímel, delineadores ou de qualquer outro produto de beleza.
• Evite coçar os olhos para diminuir a irritação.
• Evite aglomerações ou freqüentar piscinas de academias ou clubes.
• Evite a exposição a agentes irritantes (fumaça) e/ou alérgenos (pólen) que podem causar a conjuntivite.

Para prevenir o contágio, tome as seguintes precauções:

• Não use maquiagem de outras pessoas (e nem empreste as suas).
• Use óculos de mergulho para nadar, ou óculos de proteção se você trabalha com produtos químicos.
• Não use medicamentos (pomadas, colírios) sem prescrição (ou que foram indicados para outra pessoa).
• Evite nadar em piscinas sem cloro ou em lagos.

Todos estes cuidados devem ser verificados por pelo menos 15 dias desde o início dos sintomas nos indivíduos contaminados, já que durante este período as pessoas com conjuntivite podem ainda apresentar contágio, evitando repassá-la para outras pessoas.

Sinais de alerta

Se ocorrer algum destes problemas, procure imediatamente nosso pronto socorro:

• Alterações visuais.
• Dor ocular intensa.
• Dor ao movimentar os olhos.
• Febre.
• Não melhorar com a medicação.
• Secreção continua após o término da medicação.
• Aumento da sensibilidade à luz.

Fonte: http://www.hospitaldeolhos.net/noticias/noticias.asp?id=192


Notice: Undefined offset: 0 in /home/ortopedianoroest/public_html/wp-content/themes/electro/inc/structure/layout.php on line 120

Notice: Undefined offset: 1 in /home/ortopedianoroest/public_html/wp-content/themes/electro/inc/structure/layout.php on line 121

Notice: Undefined offset: 2 in /home/ortopedianoroest/public_html/wp-content/themes/electro/inc/structure/layout.php on line 122

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *